Sobre

Provavelmente todos os dias, ao fazer sua higiene pessoal de lavar o rosto, escovar os dentes, pentear os cabelos, você encara-se no espelho. Quantas dessas vezes se olhou com carinho sem achar defeitos?

Te convidamos a fazer o exercício do auto amor: Encare-se no espelho, olhando olho no olho e fale em voz alta e sorrindo 5 elogios a si mesma.
Parece algo simples e bobo, mas tem um potência incrível. Faça o teste!
Se você não conseguir de primeira, fique tranquila e não se cobre demais. Mas continue tentando. Entenda que a culpa não é sua e sim de uma sociedade repressora e controladora sobre nossos corpos. E essa é a hora da mudança, de tomarmos conta de nossas vidas, nos amarmos pelo que somos e que façamos o nosso melhor nessa existência.

Se já é difícil olhar-se no espelho com carinho, quando você estende esse olhar pro corpo, muitas auto críticas vem, e geralmente a vulva é totalmente ignorada. Muitas pessoas nunca olharam a própria vulva. E se olham sentem nojo, asco.
A pornografia vende um estereótipo de genitália infatilizada, que é a vulva branca, simétrica, com lábios pequenos, sem manchas, sem pelos….. E quando a gente olha pra nossa própria anatomia, não se parece com que vemos na tela. Mais uma vez somos enganadas e induzidas a procedimentos estéticos que cada vez mais tem sido “facilitados e banalizados”. Não caia nessa.
O Brasil é campeão mundial em procedimentos estéticos íntimos, uma pena e um absurdo. Isso graças ao ódio relacionado a vulva, desde pequenas. O simples fato de chamar a vulva de barata, aranha, perereca (animais peçonhentos que ninguém quer por a mão) já traz esse peso.

O VIVA A VULVA é um projeto sem fins lucrativos, criado de forma colaborativa para mostrarmos a beleza de todas as vulvas REAIS. Somos seres únicos no universo, logo, todas vulvas também são diferentes. E queremos mostrar que pornografia não é realidade, e que devemos amar e dar prazer ao nosso templo (corpo). Por isso todas as fotos postadas foram enviadas de forma voluntária e anônima.

Precisamos questionar o quão pouco ou quase nada sabemos sobre nossos corpos e a potência orgástica adormecida pelos tabus sociais.

Se você não concorda com nada disso, fique em paz, você não é obrigada (o) a ficar aqui no site. Mas se quiser colaborar para uma mudança positiva, entre em contato com a gente. Amesuavulva@gmail.com

Se quiser mandar a foto da sua vulva, não esqueça de anexar uma mensagem positiva para abraçar a coragem de mais pessoas. ENVIE AQUI

Conhece e reconhece cada parte da sua genitália?

ilustração by @gauluz